Fonoaudiologia
Giuliana Tessicini

CRFA2/18590

Graduada pela Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Pós graduação nas disfunções neurológicas da criança e do adulto deficiente neuroreabilitação pela Associação de Assistência à Criança Deficiente, AACD (2013). Formação em: Bandagem Terapêutica em Fonoaudiologia, Comunicação Ampliada e Alternativa – CAA e Comunicação Suplementar e Alternativa – CSA, Disfagia, Malformações, Síndromes, Paralisia Cerebral e Alterações no desenvolvimento neuropsicomotor. Atendimento embasado do  conceito neuroevolutivo Bobath.  Autora do Protocolo de Avaliação de Dificuldades Alimentares em pacientes com Paralisia Cerebral.

Isabela Ciola

CRFa2-18827

Graduação em Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto - USP/RP (2012). Residência Multiprofissional em Fonoaudiologia no Programa de Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (2015). Aprimoramento em Práticas Clínicas Fonoaudiológicas pelo CEFAC. Especialização em Linguagem e Fala pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Fonoaudióloga Clínica com experiência nas áreas de Disfagia infantil, Neuropatologias da Comunicação (linguagem oral e escrita), Motricidade Orofacial, Voz e Audiologia.

http://lattes.cnpq.br/1296511951755380

Maria Ignez Sodre

CRFa-SP 12384

Fonoaudióloga graduada pela PUC-SP em 2001, com formação no Conceito de Reabilitação e Regulação Orofacial e Corporal Castillo Morales 2055-2008. Especialista em Motricidade Oral com enfoque Disfagia/Hospitalar - CEFAC

Laís B. Carvalho

CRFa 10072

Possui graduação em Fonoaudiologia pela Universidade Bandeirantes de São Paulo -UNIBAN (2001). Especialização – Motricidade Oral com Enfoque em Odontologia e Fala – CEFAC (2004)

Profissional com mais de 17 anos de experiência na área de Fonoaudiologia, com ampla experiência em linguagem e comunicação nas diversas áreas da neuroreabilitação clínica de pacientes com Paralisia Cerebral e Múltiplas Deficiências, bem como avaliação, orientação e intervenção escolar. Atende Distúrbio das Funções Orais, com especialização em motricidade oral, enfoque em ortodontia.

Domínio na área na comunicação suplementar e alternativa. Experiência em atendimento multidisciplinar, direcionado para mães e cuidadores, desenvolvendo desde técnicas de prevenção até procedimentos específicos para pacientes portadores de doenças neuromusculares e disfagia;os atendimentos são embasados no Método de Prechtl General Movements, Bobath - Curso básico de tratamento neuroevolutivo e Baby Course – nível avançado para tratamento de bebês com disfunções neurológicas e Test of Infant Motor Performace – TIMP.

Ana Paula Orlandin

CRFa 2-16418

Graduada em Fonoaudiologia - Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (2007). Mestre em Saúde da Comunicação Humana. Atualmente é fonoaudióloga do Espaço Sete e da Associação de Assistência à Criança Deficiente de São Paulo. Tem experiência na área de Linguagem e alimentação, atuando principalmente nos seguintes temas: fala, alterações neurológicas, psiquiatria infantil, comunicação alternativa, leitura e escrita, motricidade orofacial e aceitação alimentar .

mariana nunes

CRFa -16451

Graduada pela Universidade do Sagrado Coração (USC) em 2007 e pós graduada em Fonoaudiologia em Reabilitação Neurológica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em 2008.

Formação no curso básico de Bandagem Terapêutica aplicada à Fonoaudiologia, cursos sobre Disfagia e diversos cursos sobre Comunicação Suplementar Alternativa (CSA).

Apresentou em forma de comunicação oral, durante o III Congresso Brasileiro de Comunicação Alternativa, o trabalho Paralisia Cerebral: perfil comunicativo e família. 

Participou do Projeto Rede-Programa Inclui, da Prefeitura de São Paulo em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), como capacitadora e orientadora de auxiliares de vida escolar (AVE).

Atua no atendimento à crianças nas áreas de Motricidade Orofacial, Disfagia e Linguagem.

Natália Gonfiantini

CRFa 2-16960

Formada em fonoaudiologia pelo Centro Universitário São Camilo. Aperfeiçoamento em Disfagia Infantil pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, onde foi monitora de estágio hospitalar, aperfeiçamento em motricidade orofacial com enfoque em disfagia neonatal, aprimoramento em Fono neuro reabilitação, e aprimoramento em eletroestimulação neuromuscular.

Formação básica de bandagem terapêutica,  BOBATH curso básico neuroevolutivo pediátrico e BOBATH baby course.

Atuou em disfagia infantil no HC-Instituto da Crianças, onde foi supervisora prática do curso de pós graduação em disfagia infantil da unidade. Recebeu prêmio por fazer parte do Projeto bebê de risco, pela ABRINQ.

Atualmente integra o quadro da Associação de Apoio a Criança com deficiência e da Clínica Espaço Sete atuando no atendimento à crianças nos âmbitos de linguagem, disfagia e distúrbios motores e sensoriais orais.